Por Luiz Henrique de Oliveira e Flavia Barros

cope 1

Quadrilha foi detida após crime em Joinville (Fotos: Flávia Barros – Banda B)

Policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam, na noite de sexta-feira (2), cinco pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha envolvida em assaltos a comércios e residências em Curitiba, região metropolitana e Santa Catarina. O bando chegou a pedir ajuda a um pai de santo, que deu o aval para o crime, mas a previsão estava furada.

quadrilha ok

Material encontrado com a quadrilha

Com os quatro homens e uma mulher, a polícia encontrou um veículo com placas clonadas, munições de diversos calibres, quatro revólveres calibre 38 e camisetas pretas com o símbolo da Polícia Civil do Paraná. De acordo com o delegado Rodrigo Brown, do Cope, a quadrilha se passava por uma equipe policial para enganar as vítimas.

“Sabemos que eles praticavam crimes com estes uniformes, para conseguir entrar nos locais sem levantar suspeita. O último assalto deles aconteceu em Joinville, Santa Catarina, quando eles se passaram por clientes e atacaram um frigorífico, agredindo os proprietários do estabelecimento”, descreveu.

A prisão aconteceu no bairro Pinheirinho, em Curitiba, de acordo com o delegado. “Um rápido trabalho de investigação por parte do Cope. Descobrimos que um casal que foi preso sempre procurava um pai de santo, no Bairro Alto, que dava o aval para o crime. Pelo jeito o pai de santo era ruim”, brincou o delegado.

Os suspeitos estão detidos na sede do Cope, à disposição da Justiça.