Do Portal O Diário

Uma paciente da Ala Psiquiátrica do Hospital Municipal de Maringá, na região norte do estado, pode ter sido estuprada durante o internamento, segundo os exames de laboratório realizados durante a última semana e entregues neste domingo (18). Os exames foram realizados por determinação da direção do hospital e deram positivos. O principal suspeito é um funcionário do hospital, que está foragido.

Leia a matéria completa no Portal O Diário, clicando aqui.