Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

Uma das vítimas do princípio de incêndio que atingiu o Hospital Pequeno Príncipe, no bairro Batel em Curitiba, na tarde do último domingo (22), não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada desta terça-feira (24). A vítima tem 35 anos e estava internada na ala de queimados do Hospital Evangélico.

pequeno-principe23092013-des

Trabalhadores foram socorridos para o Evangélico. Foto: Franklin Freitas/Bem Paraná

Os dois trabalhadores estavam colocando pisos em uma das salas do térreo do hospital quando, para auxiliar no processo de secagem, ligaram um aquecedor. Pessoas e funcionários próximos reclamaram no cheiro forte de uma cola que estava sendo usada. A dupla fechou a porta e minutos depois aconteceu a explosão. O tóxico da cola pode ter sido responsável pelo princípio de incêndio, que foi contido rapidamente.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, o fogo aconteceu no térreo e a localização facilitou o trabalho dos bombeiros. Havia fumaça e rapidamente os pacientes foram tirados das proximidades.

Notícia Relacionada:

Princípio de incêndio no Pequeno Príncipe deixa duas pessoas feridas