Da Redação

(Fotos: Auto Viação São José)

A Polícia Militar (PM) realizou, na tarde desta quinta-feira (15), uma operação contra os furadores de catraca que costumam agir na Av. das Torres, na região do bairro Jardim Botânico, em Curitiba. No total, 14 pessoas foram levadas à delegacia em flagrante.

Segundo o Sindicato das Empresas (Setransp), das 14 pessoas detidas três eram adolescentes. Os maiores assinaram Termo Circunstanciado (TC) e foram liberados para responder em liberdade. Já os garotos saíram da delegacia após a chegada dos responsáveis.

“Quem fura catraca é cabeça fraca”

Motoristas e cobradores de Curitiba realizam nessa quinta-feira (15), das 11h30 até o final da tarde, ação de conscientização contra “fura-catracas”, nos tubos Holanda, no Cabral, e Joaquim Nabuco, no Santa Cândida.

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana, Anderson Teixeira, afirmou que a ação tem o objetivo de conscientizar a população que os prejuízos causados por infratores do transporte coletivo atingem toda a população.

“Os fura-catracas têm sido motivo de aumento da violência no transporte coletivo e também contribuem para elevação da tarifa técnica, ao termos esse prejuízo distribuído entre todos os usuários pagantes. Por isso precisamos urgentemente de mais fiscalização por parte do poder público e de maior conscientização da população”, afirmou.

Projeto de Lei para multar infratores

No final do mês passado, o vereador Rogério Campos, motorista de ônibus, deu andamento a projeto de lei que propõe multa no valor correspondente a 50 passagens (atualmente R$ 165,00) para quem entrar no ônibus sem pagar a tarifa e multa no valor de 100 passagens (R$ 330,00) em casos de reincidentes.

Pelo projeto, a fiscalização fica a cargo da Guarda Municipal e todo o dinheiro arrecadado é destinado para Fundo de Urbanização de Curitiba (FUC). O projeto ainda deve passar por três comissões dentro da Câmara, antes de ser levado a plenário para votação.