Juliano Cunha/Banda B
O motorista morreu dentro da ambulância a caminho do hospital

Um grave acidente no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba, terminou na morte do empreiteiro Sandro Silveira, de 42 anos no início da noite desta segunda-feira (01º). No cruzamento das esquinas Campo Mourão com a Coronel Américo Walger, Sandro que dirigia o veículo Kia Cerato ultrapassou a preferencial e teve a parte lateral do veículo totalmente destruído por um ônibus da linha Jardim Paranaense.

O motorista Sandro e o passageiro, Luis Felipe Silveira, de 22 anos, foram socoridos pelo Siate, mas o empreiteiro morreu dentro da ambulância, a caminho do hospital. O estado de saúde de Luis Felipe era considerado grave e ele foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador. Everton, motorista do ônibus, contou que o acidente quase foi pior. “Ele se descuidou e invadiu a minha preferencial. Para não ferir quem estava dentro do ônibus dei uma pisada no freio e vim parando devagar. O ônibus foi jogado pro canto”, disse o motorista.

Ele relatou que em oito meses fazendo este trajeto, constatou falhas na sinalização. “Só a placa de Pare ali não está fazendo efeito porque a gente passa aqui direto e sempre tem acidente”, finaliza o motorista do ônibus.

O cabo Sallenave, do Batalhão de Polícia de Transito (BPtran), disse que mesmo não sendo culpado pelo acidente o condutor do coletivo seria encaminhado à Delegacia para ser ouvido. “Não tem nada de anormal, ele socorreu a todos, temos testemunhas. Mas de praxe, ele será levado a delegacia”, explicou. O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.