Redação

DEBATE

Debate teve representantes de vários setores e órgãos públicos. Foto: Geovane Barreiro/Banda B

Ao se tornarem frequentes nas cenas de violência em todo o Brasil, a marginalidade dos adolescentes traz discursos polêmicos e ponderações sobre a capacidade deles responderem pelos atos com discernimento. Falta de oportunidade, ausência de políticas públicas e a insegurança da população norteiam toda essa discussão. O Banda B Rádio Debate discutiu neste domingo o envolvimento dos adolescentes no âmbito da vulnerabilidade social.

Direitos básicos acabam se suprimindo ao longo do crescimento da criança e, na adolescência, a garantia à educação, saúde, lazer e até mesmo segurança acaba sendo ausente. Em via de regra, a baixa escolaridade, a evasão escolar e a ausência de monitoramento familiar são itens que, quase sempre, se entrelaçam nos corredores dos atos ilícitos.

É o que acredita a advogada Maria Christina dos Santos, presidente da Comissão da Criança e Adolescente, da Ordem dos advogados do Brasil no Paraná (OAB-PR). “É dever do Estado, da sociedade e também da família garantir seus direitos. Mas, temos muito caso de omissão da própria família e o abandono intelectual é o principal deles e ocorre quando a família sabe que o adolescente largou os estudos e os pais não se importam com isso”.

Diante disso, durante a discussão, o delegado da Homicídios, que atuou Delegacia do Adolescente de Foz do Iguaçu, Fabio Amaro apontou para um círculo vicioso. “Esses adolescentes, que acabam na omissão, viram meus ‘clientes’, digamos assim. Um ambiente familiar desregrado faz com que eles acabem optando pela marginalidade”, conclui.

Já a pedagoga Cynthia Werparchowski acredita que a questão social é decisória nesses casos. “Quem vai preso? É sempre a pessoa pobre e que não tem direito de pagar por nada. É assim no Brasil”. A coordenadora do colegiado de presidentes do Conselho Tutelar de Curitiba, Marília Fructuoso Weltter, indaga. “Reduzir a maioridade penal é a solução para os crimes envolvendo adolescentes?”

27.04 – BLOCO 01 – RÁDIO DEBATE 27.04 – BLOCO 02 – RÁDIO DEBATE 27.04 – BLOCO 03 – RÁDIO DEBATE

Ouça o programa na íntegra nos ícones acima. O programa é apresentado pelo jornalista Adilson Arantes, tem a produção de Geovane Barreiro e reportagens de Luiz Henrique de Oliveira e Elizangela Jubanski. Quem quiser dar sugestões de temas pode enviar e-mail para [email protected]