Felipe Ribeiro

O sétimo ato contra o aumento das passagens promete levar mais de 4 mil pessoas à Praça Rui Barbosa na noite desta quinta-feira (11), em Curitiba. O ato ocorrerá simultaneamente ao Dia Nacional de Lutas que já reúne centenas de pessoas na praça. A principal reivindicação do movimento de hoje é a redução da passagem para R$2,60 durante os dias de semana e para R$ 1 nos domingos e feriados.

A Frente Luta pelo Transporte afirma a manifestação terá um caráter apartidário, e não anti-partidário, pois defendem o direito a livre organização e liberdade de expressão à partidos políticos e movimentos sociais, estudantis e sindicais. “Afirmamos que a Frente repudia qualquer ato que venha a depor contra nosso movimento, e a violência policial contra manifestantes”, afirma nota dos manifestantes.

Os ônibus estão impedidos de sair ou chegar à Praça Rui Barbosa até as 19h pela categoria dos motoristas e cobradores, mas existe a expectativa que fiquem mais tempo parados devido a um protesto do movimento Frente Luta pelo Transporte.