Da AEN

A partir de quarta-feira (05) entra em operação a nova linha de ônibus que fará ligação direta do Terminal Angélica, em Araucária, ao Terminal Pinheirinho, em Curitiba. A nova linha, H24-T.Angelica/T.Pinheirinho (Direto), será gerenciada pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e poderá transportar cerca de sete mil usuários por dia. Nesta segunda e terça-feira (03 e 04), a Comec iniciou a calibragem da nova linha, mas a operação inicia efetivamente na quarta-feira (05).

Foto: Divulgação Prefeitura de Araucária

“A linha vai atender a demanda dos usuários de Araucária que precisam se deslocar até o Terminal Pinheirinho”, diz Marcos Scheremeta, diretor de Transportes da Comec. Segundo ele, neste município existe a linha H11-T.Central/Pinheirinho, mas ela não passa pelo Terminal Angélica. Agora, os usuários deste terminal terão uma ligação direta e rápida para o Terminal Pinheirinho. No horário de pico serão oferecidos ônibus a cada 10 minutos.

A operação vai atender principalmente os moradores da região do bairro Tupi porque a linha Tupi/Pinheirinho deixou de operar no início do mês de março. A Companhia Municipal de Transporte Coletivo de Araucária (CMTC), órgão da prefeitura do município responsável pelo transporte local, se comprometeu a reforçar os ônibus que circulam na região. Inclusive deverá ser implantada uma linha para o Terminal Angélica. Neste local, sem pagar uma nova passagem, os usuários poderão embarcar no ônibus metropolitano que os levará direto para o Terminal Pinheirinho, onde poderão fazer integração com outras linhas, sem pagar outra tarifa.

SOLUÇÃO – A Comec reitera sua disposição de implantar uma linha metropolitana que atenda a comunidade da região do bairro Tupi, desde que sanados os problemas da Prefeitura de Araucária/CMTC com a empresa Transtupi, bem como das negociações em andamento entre a Prefeitura de Araucária/CMTC com a concessionária que atende as suas linhas urbanas.

A Comec tem buscado uma solução viável e dentro de sua competência, observando rigorosamente os critérios e parâmetros vigentes e balizadores da operação dos demais 18 municípios do Sistema Metropolitano de Transporte Coletivo.