O pré-projeto do novo circuito ciclístico de lazer de Curitiba foi definido nesta quinta-feira (31) na sede do Ippuc, pelas equipes da prefeitura. A nova rota, com aproximadamente um quilômetro de extensão, vai ligar a Praça 19 de dezembro (Centro) à Praça Nossa Senhora da Salete (Centro Cívico), por meio de uma das vias da Avenida Cândido de Abreu. O trajeto permanecerá somente aos domingos e, diferentemente do projeto atual, não contará com faixa vermelha pintada no asfalto, delimitando o uso. A rota da Avenida Cândido de Abreu deve ser implantada até 29 de março, aniversário de Curitiba.

O novo circuito vai substituir o projeto Ciclofaixas de Lazer que terá sua última edição no próximo domingo (3). “O local do novo circuito e o prazo para implantação foram definidos, mas os detalhes do projeto, como os bloqueios de ruas e toda a parte operacional, ainda serão resolvidos, pois o projeto conta com o envolvimento de outras secretarias”, afirmou o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Aluísio de Oliveira Dutra Júnior.

Também estão envolvidos na execução do projeto a Setran (Trânsito), Smop (Obras Públicas), Ippuc e Urbs.Segundo o secretário, o novo projeto sinaliza a vontade política da atual administração de promover a utilização da bicicleta como alternativa de transporte em Curitiba.

SMCS
Ciclofaixas serão extintas

“Queremos incentivar a prática do ciclismo por parte das famílias em um local que vai integrar a região do São Lourenço e Museu Oscar Niemeyer com a região do Passeio Público. São áreas de intenso tráfego de automóveis e ônibus que passam a ser ocupadas pelas bicicletas. É emblemático e vai trazer um ganho educacional para os usuários”, explicou Dutra Júnior.

A rota no Centro Cívico também apresenta ganho em relação ao trajeto atual das ciclofaixas porque vai ligar dois pontos atrativos à população: o Passeio Público e o Parque São Lourenço. “Uma das reclamações dos usuários e motivo da pouca utilização das ciclofaixas de lazer era não unir pontos de interesse”, afirmou o secretário.

Aprovação

A apresentação do pré-projeto do novo circuito ciclístico de lazer agradou o cicloativista Danilo Herek. “O projeto pretende ocupar o espaço que hoje é do carro e vai criar um conceito novo em Curitiba. Esse circuito de lazer vai ser um centro irradiador. A partir dali vai começar a ser revitalizado todo o projeto de ciclovias e criar um anel maior para os ciclistas andarem. É um início promissor”, disse.

O trajeto do circuito também foi destacado pelo cicloativista. “É um trajeto que liga dois bolsões verdes [parques] em regiões diferentes e que vai ter atividades relacionadas ao incentivo do uso da bicicleta”, complementou Herek.