De odiario.com

caes-071013-bandab

(Foto: Divulgação)

Um cientista da Universidade da Geórgia garante ter descoberto a prova de que os cães possuem sentimentos. Gregory Berns fez diversos testes em usando um aparelho de ressonância magnética e descobriu que os animais usam a mesma parte do cérebro dos humanos para “sentir”.

A proposta inicial da pesquisa era tão somente determinar como o cérebro dos cães trabalha e como se dá a interação com os humanos. Berns treinou seu próprio cão de estimação a ficar paradinho dentro do aparelho de ressonância magnética. Assim, ele conseguiu fazer imagens de como o cérebro do cão “trabalha”.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.