Por Felipe Ribeiro

Revoltadas com o atraso na entrega das obras, mulheres comerciantes da Estrada da Graciosa organizam um protesto para a próxima sexta-feira (3). De acordo com as organizadoras, o protesto se dá pela proximidade da Copa do Mundo, que começa no próximo dia 12. A justificativa do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) para o atraso das obras foram as chuvas dos últimos dias, que atrapalharam o andamento dos serviços de fundação, execução e concretagem dos pilares que vão sustentar a ponte

obrasgraciosa

Foto: AEN

De acordo com uma das organizadoras, Rosa Fragoso, a manifestação servirá para chamar a atenção das autoridades, já que os últimos meses foram de muito prejuízo para os comerciantes. “Estamos convidando todos os moradores para irmos juntos até a cratera, não queremos fazer nada agressivo, apenas um movimento que nos faça ter visibilidade. A Copa do Mundo está chegando e podemos perder um evento que esperamos muito”, disse.

A Banda B entrou em contato com o DER-PR que informou que os operários estão finalizando as obras de colocação de vigas no primeiro tramo da ponte na estrada. Na próxima semana será concluído o lançamento das outras 18 vigas restantes, que permitirão a colocação das lajotas e a concretagem da ponte. Com isto, caso não chova, a estrada será aberta parcialmente para a circulação de veículos, a partir do dia 15 deste mês. A alteração de datas, segundo o órgão, se deu pelas chuvas que aconteceram ao longo do mês de maio, que prejudicaram o ritmo da obra.