Caso é investigado pela DHPP (Foto: Banda B)

 

Uma mulher de 50 anos está internada em estado gravíssimo no Hospital do Trabalhador (HT), em Curitiba, após ter sido baleada na madrugada de segunda-feira (29) na região da Vila Tripa, no bairro Umbará. A principal hipótese é que Joana de Souza tenha sido vítima de uma bala perdida, após uma troca de tiros entre gangues rivais.

De acordo com o delegado Fábio Amaro, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), houve um tiroteio próximo ao local em que a vítima caminhava. “Ela recebeu um disparo em abdômen e estamos vendo se houve mesmo a troca de tiros que atingiu a senhora. Há hipótese principal é de que o disparo foi em razão de um confronto no local, mas ainda não descartamentos que tenha sido um disparo proposital”, descreveu.

A mulher respira por aparelhos e segue internada, sem previsão de alta, na Unidade de Terapia Intensiva do HT.