Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

atropelamentoVítima estaria alterada por causa das drogas. Foto: DB/Banda B

Uma mulher com cerca de 30 anos morreu ao ser atropelada por dois veículos na noite desta quinta-feira (6) no Centro de Curitiba. O nome da vítima ainda não foi confirmado, mas no local conhecidos disseram que a mulher se chamava Alessandra. Ela foi atingida por um veículo Renault Logan e também por um ônibus da linha Roça Grande/Curitiba, que não conseguiu desviar.

O atropelamento aconteceu na rua André de Barros, no Centro, por volta das 22h30. Segundo informações de testemunhas, a vítima vinha pela rua Conselheiro Laurindo, atravessou a André de Barros quando um veículo Renault Logan, com placas de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, atropelou a mulher, que caiu no meio da rua.

Um ônibus da linha Roça Grande/Curitiba, que saia do Terminal do Guadalupe, não conseguiu desviar da mulher caída no asfalto e também a atropelou. Uma equipe do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), do Corpo de Bombeiros, esteve no local, mas a pedestre morreu na hora.

De acordo com o médico do Siate, não houve o que ser feito pela vítima. “Ela está embaixo do ônibus, o rodado está em cima da cabeça dela. A única lesão foi na cabeça, mesmo”, disse o médico Ricardo Aciolli.

Os funcionários da Fundação de Ação Social (FAS), localizada na rua Conselheiro Laurindo, estiveram no local e reconheceram a vítima. De acordo com duas assistentes sociais, a vítima era usuária de drogas e há anos frequentava a FAS. Ela viva nas ruas da região central da cidade e, na noite de ontem, estava alterada possivelmente por uso de drogas.

Os dois motoristas envolvidos permaneceram no local para prestar esclarecimentos à Polícia Militar (PM). O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) Curitiba e aguarda a identificação oficial.