A ida a uma clínica onde uma senhora de 59 anos faz hemodiálise, no bairro Portão em Curitiba, teve um imprevisto grave. Ela foi assaltada na manhã desta quarta-feira (1º) por dois homens que ameaçaram atear fogo no corpo dela caso não desse a bolsa e a carteira. Eles fugiram e a Polícia Militar (PM) não sabe o paradeiro deles.

Por volta das 5h30, a mulher saiu de casa para pegar ônibus na rua Engenheiro João Bley Filho, no bairro Pinheirinho. Três vezes na semana ela faz o mesmo trajeto para fazer hemodiálise. Na manhã de hoje foi surpreendida por uma dupla de jovens visivelmente drogados. Eles ameaçaram jogar álcool e atear fogo no corpo dela.

Diante da ameaça, ela entregou tudo aos assaltantes, inclusive, a carteirinha da clínica autorizando as sessões do tratamento. Nervosa, ela voltou para casa e foi ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) acompanhada pelo filho que a levou de carro.