Não é uma mera coincidência o fato do prefeito Aldinei Siqueira (PSD), de Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba, ter o mesmo sobrenome de quatro membros do alto escalão do município. Eles são parentes, assim como outras três pessoas nomeadas pelo político. A denúncia sobre este possível nepotismo chegou de maneira anônima à Banda B e segundo a assessoria de imprensa do Ministério Público do Paraná (MP-PR) o caso está sendo investigado pelo órgão.

Ao acessar o site oficial da Prefeitura é possível comprovar o fato: a noiva de Aldinei, Ângela Siqueira, é secretária de Ação Social; o pai do prefeito, Neninho Siqueira, é secretário de Obras; o irmão, Eduardo Siqueira, é secretário do Trabalho; o primo, Leonel Siqueira, é secretário de governo. Estes são os quatro “Siqueiras”, mas a denúncia vai além: outro primo, Dirceu Machado, é presidente do Instituto de Previdência do município; mais um primo, Marcos de Souza, é secretário chefe de Gabinete e, por fim, o cunhado, Jorgem Gzrizbowski, é secretário do Detran Municipal, diz o textou enviado à reportagem.

A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa do MP-PR que confirmou uma investigação em curso quanto ao suposto caso de nepotismo. A promessa é de que em breve detalhes do processo serão enviados à reportagem.

Outro lado

Durante o dia, a Banda B tentou contato direto com Aldinei Siqueira. Pela manhã, o celular dele estava desligado, de tarde, ninguém atendia. A assessoria de imprensa do prefeito recebeu a denúncia e enviou uma nota com a resposta. Confira na íntegra:

NOTA OFICIAL

É comum no início de novas gestões municipais, onde ocorre a troca de toda uma equipe de governo, que os meios de comunicação sejam pautados por falsas denúncias feitas por aqueles que não se conformam com a derrota nas urnas.

Em relação aos assuntos abrangidos, pela súmula 13 do STF e pré julgado 09 do TCE/PR, o prefeito de Almirante Tamandaré, reitera que a conduta adotada nas nomeações obedece estritamente o estabelecido na legislação.

Esta é a verdade devidamente esclarecida em respeito aos cidadãos tamandaréenses.

Almirante Tamandaré, 14 de fevereiro de 2013.

ALDNEI SIQUEIRA

Crédito imagem: Blog Agenda Digital