A Justiça determinou nesta quinta-feira (4) o fechamento de uma casa noturna no bairro Barreirinha, a pedido da Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente de Curitiba. A liminar foi concedida em ação civil pública, assinada pelo promotor de Justiça Sérgio Luiz Cordoni, contra o local em que funcionava uma casa de shows com o nome popular de “Bruxinhas Bar”.

O estabelecimento, localizado ao lado de um posto de gasolina na Avenida Anita Garibaldi, foi alvo de uma vistoria da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), realizada no ano passado. O relatório da AIFU – que embasou a ação – aponta que as atividades desenvolvidas pela casa noturna, além de causarem poluição sonora (uma vez que não possui isolamento acústico adequado nem infraestrura para funcionar como danceteria), contribui, indiretamente, com a perturbação de sossego dos moradores da região.

Ainda, segundo o relatório, os frequentadores do local constantemente promovem arruaças, brigas, pichações, quebra de árvores, depredações de patrimônio público, disparos de armas de fogo, bem como consumo e venda de entorpecentes em frente ao estabelecimento e imediações. Isto, de acordo com o MPPR, coloca em risco a segurança dos moradores da região.

Além disso, consta na denúncia o consumo e venda de bebidas alcoólicas a adolescentes com menos de 18 anos de idade, o que é proibido por lei. Foi fixado prazo de 48 horas para cumprimento da decisão, a partir da notificação, e estabelecida multa de mil reais, por dia, em caso de descumprimento.