Fotos: Antônio Nascimento/Banda B
O veículo capotou três vezes e parou no meio da rua

Dois acidentes com capotamento foram registrados logo no início da manhã desta terça-feira (2), em Curitiba. Um ônibus de linha de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, colidiu lateralmente contra um Fiat Doblô no cruzamento da Avenida Silva Jardim com a Rua Conselheiro Laurindo, no centro da capital. O outro capotamento aconteceu entre um táxi e um Fox na rua Imaculada Conceição esquina com a rua Guabirotuba, no bairro Prado Velho. As colisões ocorreram em cruzamentos bem sinalizados indicando que os causadores dos acidentes não respeitaram a sinalização dos semáforos.

Por volta das 6h10, um ônibus da linha Pedro Moro, que desembarca no Terminal Guadalupe, trafegava pela rua Conselheiro Laurindo quando colidiu contra um Fiat Doblo, com placas de Fazenda Rio Grande, no cruzamento com a Avenida Silva Jardim, no centro de Curitiba. O veículo capotou três vezes e parou no meio da rua. O motorista da Doblo Valcir de Moraes, 39 anos, e o filho de 19 anos que estava no banco do passageiro não sofreram nenhum ferimento. Eles foram atendidos por socorristas do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), mas logo liberados.

O motorista do coletivo, João Inglês, contou à Banda B que o sinal estava aberto para o ônibus. “O carro cruzou minha frente, não deu tempo de frear. O sinal estava verde para mim”, disse o motorista. Dentro do ônibus, os seis passageiros não tiveram ferimentos. O transito ficou complicado no local, mas o cruzamento não foi totalmente bloqueado. Agentes da Secretaria de Trânsito (Setran) auxiliaram no tráfego de veículo no local.

Prado Velho

No mesmo momento em que agentes do trânsito atendiam ao acidente do centro de Curitiba, outro capotamento acontecia no cruzamento da rua Imaculada Conceição esquina com a rua Guabirotuba, no bairro Prado Velho, próximo a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). O taxista Rubens Cesar Marques da Silva Filho, 31 anos, trafegava pela rua Imaculada Conceição quando foi atingido por um veículo Fox, dirigido por Afonso Paixão Lopes, 38 anos. O acidente aconteceu às 6h20. O veículo Fox capotou diversas vezes e parou de lado, em cima da calçada. Nilce dos Santos, 33 anos, esposa do motorista, que estava no banco do passageiro do veículo Fox, foi encaminhada ao Hospital Cajuru, mas sem ferimentos graves.

O motorista do Fox contou que leva a esposa todos os dias em um ponto de ônibus para ela embarcar na linha Cabral/Portão. “Hoje a gente perdeu o ônibus e eu estava atrás dele tentando ultrapassá-lo para ela conseguir embarcar. Mas, de repente, senti o impacto da batida. O sinal estava verde para mim”, garantiu Afonso.

O taxista, no entanto, rebateu e disse que o sinal estava verde para ele. Rubens não quis gravar entrevista porque estava bastante nervoso. Na esquina do cruzamento há um destacamento do 12º Batalhão da Polícia Militar que possui câmeras de segurança. Elas vão auxiliar no procedimento e na conclusão do caso. O trânsito ficou bloqueado e os agentes da Setran e da Urbs também estiveram no local.

Esposa do motorista, que estava no banco do passageiro, foi encaminhada ao Hospital Cajuru