Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

motoristadentro

Motoristas e cobradores reclama de constantes atrassos em três empresas (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Motoristas e cobradores de Curitiba e região metropolitana atrasaram a saída dos ônibus em três empresas nesta quinta-feira (8). Os coletivos, que deveriam ir às ruas a partir das 4h30, começaram a operar às 6h. O motivo do protesto é o não pagamento do abono salarial, acordado após a greve deste ano, no valor de R$ 300, além do corriqueiro atraso no pagamento do vale-alimentação, que mais uma vez aconteceu neste mês de maio.

Na manhã de hoje, o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região, o Sindimoc, realizou assembléias nas empresas CCV – antiga Cristo Rei -, Marumbi e Graciosa. “Os trabalhadores decidiram atrasar a saída e notificar as empresas, que têm até 24 horas para acertar tudo. Se isso não acontecer, faremos uma nova assembleia amanhã”, descreveu à Banda B Dino César, vice-presidente do Sindimoc.

A CCV atende ônibus da região leste de Curitiba, a Graciosa de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (RMC), e a Marumbi também cidades da RMC. “Essas empresas também estão atrasando o salário já há algum tempo. A intenção não é prejudicar a população, mas o trabalhador tem suas contas para pagar e se elas atrasam os juros aparecem. Isso não deveria acontecer”, disse César.

No local das assembleia ninguém das empresas falou sobre a manifestação. Elas deverão ser notificadas nas próximas horas para que o problema seja solucionando. Caso contrário, medidas mais drásticas serão tomadas, de acordo com o Sindimoc.