Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

rebouças dentro

Carro ficou destruído no acidente (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Os cruzamentos no bairro Rebouças e no Centro de Curitiba estão virando uma ‘roleta russa’. No fim da madrugada desta terça-feira (15), um grave acidente na Rua 24 de Maio com a Chile, deixou duas pessoas feridas. A preocupação dos moradores é maior porque no último final de semana, uma jovem morreu na Rua Engenheiro Rebouças. No final do mês passado, a vítima foi o motorista de um Peugeot e o passageiro de um Uno no cruzamento com a Marechal Floriano Peixoto. Ainda, em fevereiro, dois passageiros de um táxi morreram no cruzamento da Rua Doutor Pedrosa.  A semelhança entre os casos, além da região em que aconteceram, é que em todos os acidentes existe a suspeita de embriaguez no volante.

No acidente de hoje, que ocorreu por volta das 5 hora, o motorista de um Renault Clio vinha pela 24 de Maio quando, segundo testemunhas, teria furado o sinal e batido contra um caminhão guincho, que subia a Chile. “Pegou a traseira do meu caminhão. Ele e o passageiro estavam alcoolizado e, por sorte, não era um carro menor, porque podia acontecer uma tragédia”, disse à Banda B Rodrigo Pereira, motorista do guincho.

As duas vítimas no Renault, com ferimentos leves, foram encaminhadas a hospitais de Curitiba. O Batalhão de Polícia de Trânsito da Polícia Militar apura o caso, para descobrir se de fato havia embriaguez ao volante. O Boletim de Ocorrência será realizado na Delegacia de Delitos de Trânsito.

Relembre os outros acidentes no Rebouças nas notícias relacionadas abaixo. Os moradores estão apreensivos porque as vias que cruzam o bairro têm pista com três faixas e ligam bairros, fazendo com que motoristas exagerem na velocidade, principalmente na volta de baladas.

 Notícias Relacionadas:

Acidente em cruzamento no Rebouças deixa dois mortos e cinco feridos

Grave acidente com carro turbinado deixa mulher morta e homem ferido no Rebouças

Passageiros de táxi morrem após acidente causado por motorista que teria furado sinal