Da Redação com PRF

Um flagrante causou espanto a policiais rodoviários federais na manhã desta quinta-feira (8), isso porque um motorista ignorou completamente uma placa alertando o videomonitoramento por câmeras na BR-277, em Cascavel, no oeste do estado. O motorista de uma Meriva para o seu carro, estaciona irregularmente no quilômetro 592, em plena pista de rolamento e, tranquilamente, vai a pé até uma loja que fica na marginal da rodovia.

No vídeo, é possível observar que o motorista permanece estacionado por cerca de sete minutos na pista de rolamento, onde o fluxo de veículos é intenso, colocando em risco a segurança dos demais usuários.

Um guincho da concessionária que administra o trecho chega ao local para prestar apoio, mas o condutor ignora e entra no estabelecimento comercial. O condutor ainda realizou o retorno em local de subida, com grande fluxo de veículos, comprometendo, mais uma vez, a segurança do trânsito.

O motorista da Meriva receberá três notificações. Uma por estacionar o veículo na pista de rolamento da rodovia, de natureza gravíssima, no valor de R$ 293 e com sete pontos na carteira de habilitação.

A segunda, por realizar manobra de retorno em aclives/declives, comprometendo a segurança do trânsito, também gravíssima, com mesmo valor e pontuação. A terceira notificação foi emitida pelo fato de ele não manter acesa a luz baixa na rodovia, de natureza média, no valor de R$ 130 e com quatro pontos na carteira.

Assista ao vídeo no player abaixo:

Multas por videomonitoramento

Desde dezembro de 2013 está em vigor a resolução de número 471 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que regulamenta a fiscalização por meio de videomonitoramento em estradas e rodovias, conforme previsão do Código de Trânsito Brasileiro.

Com essa regulamentação, é possível que autoridade ou o agente de trânsito, exercendo a fiscalização remota por meio de sistemas de videomonitoramento, autue à distância, em tempo real, condutores e veículos cujas infrações por descumprimento das normas gerais de circulação e conduta tenham sido detectadas.

A PRF tem desenvolvido uma parceria com as concessionárias que administram as rodovias, implantando o sistema de videomonitoramento em diversas regiões do Paraná. Entre os flagrantes de imprudência estão ultrapassagens proibidas, avanço de sinal vermelho, estacionamento e retorno em locais proibidos, evasão de pedágio e trânsito de veículos na contramão e pelo acostamento.