Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

pequenoprincipedentro

Muro do hospital ficou destruído (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

A violência no trânsito quase fez vítimas na madrugada desta sexta-feira (18), na Rua Desembargador Motta com a Av. Silva Jardim, no bairro Rebouças, em Curitiba. Um motorista embriagado e com a habilitação vencida, dirigindo um Audi na Desembargador Motta, se perdeu na hora de virar na Av. Silva Jardim e destruiu parte do muro do Hospital Pequeno Príncipe. O bafômetro dele deu 1,45 mg/l de álcool no sangue.

Ao ser atendido por socorristas do Corpo de Bombeiros, o motorista se mostrava alterado, dizendo a todo tempo para não o incomodarem porque ele era ‘doutor’. Devido a essa truculência, a Guarda Municipal precisou ser acionada. “Fizemos com que o rapaz se colocasse no seu devido lugar. Estava tudo errado com ele, mas ainda assim achava que estava com a razão”, descreveu o guarda Ortigoz.

Questionado sobre o motivo dele se descrever doutor, o guarda disse o seguinte. “Ao que parece era um dentista. Se alguém estivesse na calçada poderia acontecer uma tragédia”, opinou.

O motorista, que não teve sua identidade revelada, foi encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito, onde deve responder pelas infrações que cometeu.