Dois motociclistas com capacetes pretos tentaram furtar, na madrugada desta sexta-feira (19), as duas cruzes em homenagem aos jovensGilmar Rafael Souza Yared (26) e Carlos Murilo de Souza (20) na Rua Monsenhor Ivo Zanlorenzi, no bairro Mossunguê, em Curitiba. Os rapazes morreram no local no dia 7 de maio de 2009 em um acidente causado pelo ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho. Desde o dia do acidente, há quatro anos, as cruzes estão no local.

Antônio Nascimento – Banda B
Cruzes foram colocadas em homenagem aos jovens

Na madrugada de hoje, frentistas de um posto de gasolina viram os motociclistas indo em direção às cruzes e juntamente com taxistas da região correram para evitar a ação. Os dois motociclistas fugiram sem conseguir retirar os objetos e a Polícia Militar foi acionada para realizar um Boletim de Ocorrência do caso.

As cruzes foram colocadas por familiares das vítimas como uma homenagem aos jovens, que morreram no acidente em que o ex-deputado dirigia em alta velocidade, com a carteira de habilitação suspensa e com suspeita de embriaguez.

Julgamento do caso

Em fevereiro, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu cancelar o julgamento do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho, que havia sido marcado para o dia 26 de março.

O motivo foi um erro técnico, já que durante o processo um exame de alcoolemia não foi julgado no Estado do Paraná. Um novo julgamento deve ser marcado para o segundo semestre deste ano.

Aniversário

No último dia 19 de março, Gilmar Yared teria completado 30 anos. O pai, Gilmar Yared, postou em sua página pessoal no Facebook uma homenagem ao filho, que, até o momento, tem 7,1 mil compartilhamentos. A mensagem diz:

“Filho, parabéns pelo aniversário.
Seriam seus 30 anos se não fosse a estupidez de um deputado e de seus amigos que desapareceram com as provas que poderiam incriminá-los, garantindo a compra de sua liberdade.O poder pode comprar muita coisa, mas não a honra, a hombridade e a verdade e esta virá, porque está escrito na palavra de Deus “que nada ficará encoberto debaixo dos céus”.

Faço um pedido à você Carli Filho,
Seja homem e assuma o que fez, enfrente o julgamento pelo Tribunal do Júri de cabeça erguida e não se esconda atrás do poder e do dinheiro de seus pais. Lembre-se que nossos atos nos alcançam.

Obrigado a todos pelas manifestações de carinho e respeito à minha família”, encerra Yared.