Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

moto dentro

Motociclistas morreram na hora devido à gravidade do impacto (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Dois motociclistas morreram na hora em uma colisão frontal no início da manhã desta quinta-feira (18) na Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, próximo à entrada do Conjunto Caiuá, na Cidade Industrial de Curitiba.

Um pai de seis filhos, um deles de três meses, ia para o trabalho em um posto de combustíveis e acabou morrendo no local. O motociclista, de primeiro nome Everton, fazia sentido BR-277 em sua CG 150 cilindradas.

“Ele morava no Novo Mundo e era casado, pai de família. Era companheiro nosso de trabalho em um posto de combustíveis na Rua Eduardo Sprada. Soubemos do acidente e, como o Everton não chegava, suspeitamos que tivesse se envolvido. Chegando aqui, verificamos que era ele”, disse à Banda B um companheiro de trabalho da vítima.

O outro motociclista envolvido na colisão, que fazia o sentido BR-116 em sua BMW, portava documentos em nome de Rafael Muller, de 30 anos. Tanto Muller quanto Everton estavam mortos quando a equipe do Siate do Corpo de Bombeiros chegou, conforme descreveu o socorrista Leal, do Siate do Corpo de Bombeiros.

“Fomos acionados e chegamos aqui rapidamente. A princípio, não foi uma morte instantânea. Testemunhas contaram que eles estavam vivos, mas acabaram não resistindo poucos minutos depois”, contou.

O trânsito apresentou lentidão na região. Os corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).