Redação

A direção de jornalismo da Band cancelou o debate com os candidatos ao governo em todos os estados. A informação é do diretor-geral da Band Natal, Augusto Correia Lima.

A decisão foi tomada após a morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB), em acidente aéreo na manhã desta quarta-feira (13).

O programa estava marcado para hoje (14), às 22h, em todas as praças da Band no país.

No Paraná, o debate iria reunir os oito candidatos ao governo. Segundo a Band Curitiba, a data foi remarcada para o dia 23 de agosto. Todos já haviam confirmado presença no primeiro debate do pleito no estado.

Os senadores Roberto Requião, do PMDB, e Gleisi Hoffmann, do PT, assim como o governador Beto Richa lamentaram a morte de Eduardo Campos. Pelo Twitter, o senador peemedebista se disse “chocado”.

“Chocado com a morte de Eduardo Campos paro um pouco para refletir sobre a vida e a política. Condolências sinceras à família”, escreveu.

Para Gleisi Hoffmann, “sempre muito triste ver alguém tão jovem (49) partir de maneira tão trágica. Neste momento, diferenças políticas ficam em segundo plano. Me solidarizo e mando minhas orações para família e amigos”, disse em nota distribuída à imprensa.

Em nota, o governador Beto Richa também lamentou a morte do presidenciável do PSB: “A morte prematura do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos é um duro golpe na esperança de todos os brasileiros de bem, que acreditam na força das ideias e na honestidade de propósitos. Pessoalmente, me sinto profundamente abalado pela perda de um grande amigo, a quem aprendi a admirar pela sua conduta sempre gentil e solidária. Perdemos um brasileiro que, até em suas últimas palavras, fez questão de deixar registradaa sua crença num futuro melhor para o Brasil. Que Deus, na sua infinita bondade, possa amparar a família de Eduardo Campos e nos confortar nesse momento de grande dor”.