Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

Um jovem foi morto e teve o corpo carbonizado dentro de um veículo no fim da tarde desta quinta-feira (30) em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. A vítima ainda não está identificada e o crime chocou os moradores da região do bairro Guarituba. Testemunhas viram a vítima dentro do carro, uma Santana Quantum e o momento em que as chamas começaram. Não há informações sobre o que teria acontecido ou quem teria ateado fogo.

Por volta das 17h30, moradores ligaram para o Corpo de Bombeiros informando sobre um carro que estava pegando fogo, na Rua Sebastião Leonel. Os bombeiros encontraram um veículo Quantum, com placas de Curitiba, em chamas. Após um rápido trabalho, o corpo do motorista foi encontrado carbonizado. Ele ainda está sem identificação.

Segundo um morador da região, que preferiu não se identificar, foram ouvidos dois tiros antes de encontrar o carro em chamas. “A gente vinha vindo do trabalho vimos a fumaça e logo depois as chamas do carro. Tinha uma pessoa lá dentro, mas a gente nunca viu esse carro e tudo mais. Ouviram tiros também, mas não sabemos o que pode ter acontecido”, disse o morador.

De acordo com o perito Edmar Cúnico, do Instituto de Criminalística, o carro ficou destruído e o corpo da vítima inteiramente queimado. “A combustão do veículo foi completa e a vítima tem entre 17 e 23 anos, sem nenhuma marca de arma de fogo naquilo que sobrou do corpo. Não há mercas no crânio e nos ossos, mas se o disparo atingiu a musculatura e ela foi tomada pelo fogo, aí está consumida e a marca desaparece”, explicou.

A vítima está com uma corrente no pescoço e uma pulseira no braço. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a Delegacia de Piraquara investiga o caso.