Por Danaê Bubalo

frango

Fechada do estabelecimento na divisa com residência. Foto: DB/Banda B

Vizinhos de um restaurante de frango frito que fica rua Jornalista Alceu Chichorro, no Bairro Alto, em Curitiba, estão muito irritados com o forte cheiro de gordura ao redor do estabelecimento. Segundo eles, desde a inauguração do restaurante também há acúmulo de sujeira no local.

Alguns moradores entraram em contato com a Rádio Banda B para detalhar a preocupação. “Desde o início do ano a gente sofre com um cheiro forte. Lá tem um fritadeira elétrica e o restaurante não possui filtragem de gordura. O que acontece é que todo o frango frito joga a gordura para dentro do Farol do Saber, no colégio, nas nossas residências”, contou Paulo Roberto Kostrzepa.

Para o irmão de Paulo, Luiz Fernando Kostrzepa, que é vizinho de parede do local, o problema é ainda maior. “Somos prejudicados porque além de sentir o cheiro parece que estamos engolindo a gordura. As cortinas, os carros, tudo está engordurado. Eles chegaram a aumentar as chaminés, mas nada deu certo. Cheguei a passar contato de outras filiais dessa rede porque lá nas outras não tem isso”, reclama Luiz.

Os moradores, porém, dizem que não querem o fechamento da casa. “Queremos um sistema de filtragem de gordura adequado porque isso acaba até mesmo prejudicando nossa respiração”, disse o morador que já procurou o gerente do estabelecimento, que tenta resolver o problema.

Outro lado

A Rádio Banda B procurou o gerente do estabelecimento que informou que desde recebeu as reclamações está tomando atitudes para tentar amenizar a situação no local. Segundo ele, as chaminés foram aumentadas e até mesmo a colocação dos filtros, como sugerido pelos vizinhos. No entanto, para ele, a solução é algo que demanda tempo e é preciso adotar a política da boa vizinhança.

Ele não quis gravar entrevista, mas convidou a reportagem da Banda B para conhecer a cozinha e checar as medidas que estão sendo feitas para solucionar o problema.

A assessoria de imprensa da rede de restaurantes procurou a Banda B e informou que a franquia do Frango Americano tem como uma das principais preocupações, o conforto e satisfação de nossos clientes. “Visando isso, conversamos agora pela manhã com a vizinha da loja do Bairro Alto, Liliane, e nos comprometemos a resolver a situação o quanto antes. Ressaltamos ainda que o Frango Americano segue todas as normas de saúde e limpeza e está adequada a todas as exigências da vigilância sanitária. Tomamos ciência do ocorrido hoje pela manhã e, a partir do momento que isso passa a ser um incômodo para nossos vizinhos, adotaremos todas as medidas cabíveis para resolver a situação da melhor maneira possível”, disse a nota.

Prefeitura

A Banda B também procurou a Prefeitura de Curitiba. De acordo com informações da assessoria, não existe uma legislação específico sobre o cheiro de gordura em estabelecimentos comerciais. De qualquer forma, uma equipe da Secretaria do Meio Ambiente já visitou um dos restaurantes da rede de frangos no Bacacheri e orientou a instalação de filtro de carvão e lavador de gases para diminuir a emissão de gordura. Com relação ao cheiro, não há o que fazer do ponto de vista legal a não ser a política da boa vizinhança. A informação que a Secretaria do Meio Ambiente é de que na sede do Bacacheri o problema já teria sido resolvido.