Por Marina Sequinel e Bruno Henrique

 

Os moradores do bairro Mercês, em Curitiba, estão assustados com o assassinato de um homem de 40 anos na tarde desta quinta-feira (23). Adilson Farias dos Santos foi morto com nove tiros na Rua Marcelino Champagnat.

Segundo o empresário da região, Luiz Carlos Boscardim, faz tempo que quatro ou cinco homens rondam o local cometendo crimes, principalmente assaltos. “É difícil achar um comerciante daqui que não foi roubado. Nós estamos todos assustados. Eu, por exemplo, já levei um tiro na frente do posto de gasolina há 18 anos, e desde então, as coisas só pioraram”, disse ele em entrevista à Banda B.

De acordo com ele, a dona de uma banca foi assaltada oito vezes nos últimos meses. “A frente do Banco do Brasil já é ponto de crimes. Nós estamos refém”, explicou ele. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso para localizar os suspeitos e descobrir o motivo do assassinato.

Em nota, a Polícia Militar (PM) informou que, no Mercês, situado nas proximidades do centro e de responsabilidade do 12º Batalhão da PM, recebe policiamento intenso por meio da radiopatrulha, da Rotam e e é foco de operações diversas. Diversas apreensões e prisões tem sido realizadas na região pela corporação. No entanto a PM, além do policiamento, se coloca à disposição da população por meio do 190.