Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique


(Fotos: Bruno Henrique)

Moradores na Rua Cesário Furiam com a Campo Largo da Piedade, no bairro Pilarzinho, em Curitiba, querem um estoque extra daquele energético responsável por ‘dar asas’. O motivo é que no cruzamento entre as ruas não tem calçada e para o pedestre atravessar só voando. Quem procurou a reportagem no quadro Banda B Vai Até Você desta quarta-feira (14) foi Janete de Almeida, que desde 2012 tenta uma solução.

Segundo Janete, desde que um muro foi construído a calçada acabou. “Não tem nem 30 centímetros de calçada de um lado e do outro é um matagal. Como nós vamos passar por aqui? Ainda tem o problema da visibilidade dos motoristas. Acidentes e atropelamentos acontecem sempre, mas por sorte ninguém morreu”, afirmou.

Ainda de acordo com ela, os pedidos acontecem já há tempos. “Queremos uma lombada, ou que a via fique em mão única, ou que arrumem uma calçada decente”, reclamou Janete, ao lado de Maria Helena, outra moradora da região que, inclusive, já foi atropelada. “Eu estava buscando meu neto na creche, o rapaz se perdeu na curva e me atingiu, porque não há calçada aqui”, contou.

A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Curitiba e aguarda um retorno.