Por Marina Sequinel e Antônio Nascimento

incendio-tatuquara-170913-banda.jpg-large

A fumaça do incêndio domina o céu na região. (Foto: Marco Piza)

Moradores estão preocupados com a fumaça que atinge a região próxima ao incêndio que destruiu o depósito da Electrolux na manhã desta terça-feira (17). Depois de 12 horas da tragédia, que aconteceu no bairro Tatuquara, em Curitiba, o fogo ainda não foi totalmente controlado.

O incêndio teve grandes proporções e a fumaça domina o céu na região. A moradora Silmara contou à Banda B que se assustou com a tragédia. “Nós acordamos com o cheiro da fumaça e até achamos que a nossa casa estava pegando fogo. A gente não conseguia respirar”, completou.

Os bombeiros chegaram a pedir a desocupação das casas. De acordo com o morador Jordão, a cor do céu o assustou pela manhã. “Eu vi o céu todo preto e um barulho muito alto. Eu jurava que era uma tempestade, com trovão e tudo. Fiquei muito assustado”, contou à Banda B.

O Corpo de Bombeiros combate o fogo no local. Além disso, a Prefeitura de Curitiba distribui máscaras para evitar que os moradores inalem a fumaça.

Notícia relacionada

Bombeiros acreditam que incêndio na Electrolux será controlado em dois dias