O Bote Fé Curitiba, evento católico que serve como preparação para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), reúne milhares de jovens no gramado da Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico de Curitiba, desde as primeiras horas deste sábado (23). Os jovens acompanham uma série de atividades que estão sendo realizadas no local e aguardam a chegada da Cruz Peregrina e do ícone de Nossa Senhora, símbolos da JMJ.

Divulgação
Saída dos símbolos de Campina Grande do Sul

Os símbolos saíram no começo da manhã de Campina Grande do Sul, na região metropolitana, e passará por vários bairros de Curitiba, além de passar pelo Colégio Marista Paranaense, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) e pela Universidade Federal do Paraná antes da chegada ao evento, que está prevista para as 15h. Curitiba é a última capital brasileira a receber os símbolos.

AEN

De acordo com Rodrigo Chacon, um dos organizadores do Bote Fé, este evento é de nível nacional e os católicos de curitiba estão colaborando. “Está tudo ocorrendo muito bem aqui e estamos fazendo uma bela festa”, disse.

O governador Beto Richa também compareceu ao evento e afirmou que o Estado é parceiro de todo movimento que tenha como objetivo a conscientização de jovens para uma vida e um futuro melhores.“Um momento de alegria e de muita fé para nossa capital. Tudo o que pudermos fazer para contribuir com este e tantos outros trabalhos das igrejas, não mediremos esforços, porque temos a plena convicção da importância destas missões evangelizadoras e dos trabalhos sociais desenvolvidos pelas igrejas para trazer de volta à sociedade nossos jovens e contribuir para o fortalecimento das famílias”, disse.

A programação idealizada pela Arquidocese de Curitiba inclui shows com cantores populares católicos, atividades esportivas, espaços para comunidades terapêuticas de combate anti-drogas e doação de sangue. A proposta é promover um grande encontro de multidão para marcar a chegada dos símbolos em diversos ambientes e aproveitar a oportunidade para oferecer a reflexão sobre a realidade juvenil em diferentes meios. Por este motivo, os símbolos irão percorrem a periferia, estarão junto aos dependentes químicos, parques da cidade e demais ambientes nos quais a juventude se faz presente.

A JMJ vai acontecer no Rio de Janeiro de 23 a 28 de julho de 2013 e contará na presença do novo papa.