Por Marina Sequinel e Bruno Henrique

O presidente da Associação de Praças do Paraná (Apra-PR), Orélio Fontana, garantiu que os bombeiros e policiais militares não vão paralisar os serviços no Litoral, mesmo sem o pagamento das diárias em dia. De acordo com ele, o montante para a hospedagem e alimentação correspondente à segunda quinzena de janeiro ainda não foi repassado pelo governo do estado.

diarias

Bombeiros e policiais caminharam por Guaratuba com faixa de protesto neste final de semana. (Foto: Thiere de Lima)

“Nós entramos em contato com todos os associados e combinamos que vamos continuar a prestar os serviços até o fim da Operação Verão 2014/2015. Nós não podemos deixar a população na mão, por isso, já avisamos que quem quiser aproveitar o Carnaval nas praias pode ficar tranquilo”, declarou Fontana em entrevista à Banda B na tarde desta segunda-feira (9).

De acordo com ele, a manifestação dos servidores realizada neste final de semana foi um grito de alerta para as autoridades. “Nós já falamos também com o nosso corpo jurídico para acionar a Justiça e conseguir o recebimento das diárias, assim como foi feito com o pagamento das férias”, completou o presidente. A Apra informou que o repasse faltante é de R$ 3,2 milhões.

Muitos trabalhadores que descem para as praias durante a operação moram no interior do estado. Nesta temporada, a ação começou no dia 18 de dezembro e segue até depois do Carnaval, em fevereiro.

Notícia relacionada

Sem diárias, bombeiros e policiais protestam e ameaçam greve no Carnaval do litoral

Diárias de PMs e BMs da Operação Verão atrasam novamente; governo promete quitar dívidas