Do Portal UOL

O menino Vrajamany Fernandes Rocha, 11 anos, que teve seu braço arrancado em julho por um tigre no zoológico de Cascavel, no Paraná, ganhou na semana passada uma ajuda importante para recomeçar a vida. Ele esteve em Sorocaba, a 98 quilômetros de São Paulo, para escolher a prótese que vai substituir o braço perdido.

cgn

(Foto: CGN / UOL)

O membro foi doado por uma empresa da cidade, a mesma que ajudou o ciclista que teve parte do braço arrancado em um acidente na ciclofaixa da avenida Paulista. Na quinta-feira (4), Vrajamany conheceu o tipo de prótese que vai usar e tirou todas as medidas.

De acordo com Nelson Tuzino Nolé, responsável pela peça, como o braço do menino foi totalmente amputado, a prótese terá uma função mais estética do que funcional. “A mão não poderá ser movimentada, porque não ficaram terminações nervosas para enviar o estímulo. Esse braço vai dar a harmonia do corpo e evitar desvios na coluna por causa do peso em apenas um dos lados do corpo”, explicou.

Para ler a matéria completa no Portal UOL clique aqui.