Do TN Online

Morreu na manhã desta quarta-feira (8), o adolescente de 12 anos, de Apucarana, que teve 40% do corpo queimado e estava internado no Hospital Universitário (HU) de Londrina. Lukas Manosso se feriu quando ajudava o pai a acender a churrasqueira, no mês passado.

(Foto: Reprodução Facebook)

O estado de saúde do estudante virou alvo de uma corrente de solidariedade através das redes sociais. Amigos, em especial de escola, se juntaram para fazer uma corrente de oração e escrever cartas de apoio ao colega ferido.

A mãe do menino, Kátia Suzi Manosso, confirmou que o filho teve parte do corpo queimado no momento em que auxiliava o pai a acender a churrasqueira. Silva também sofreu ferimentos leves e chegou a ser encaminhado ao Hospital da Providência, mas foi liberado no mesmo dia. Já o garoto precisou ser transferido do Providência ao HU, onde recebeu atendimento especializado. Eles estavam usando álcool para fazer fogo.

A notícia da morte de Luckas está gerando diversas manifestações de solidariedade e comoção nas redes sociais.

Para mais informações sobre a região acesse o Portal TNonline clicando aqui.