Da Redação com Catve.tv

tigre

Foto: Reprodução Catve

O menino de 11 anos, que teve o braço direito amputado após se atacado por um tigre no Zoológico de Cascavel, recebeu alta na tarde desta quarta-feira (6). Ele estava internado no Hospital Universitáriodesde o dia do ataque, quarta-feira passada.

Marcos do Carmo Rocha, pai do garoto, a mãe e também o padrasto estavam junto com ele na saída do hospital. Ainda na manhã de hoje, o menino recebeu alta de um dos médicos, contudo precisava ainda ser avaliado por outros profissionais para deixar o hospital. Ele ainda passará por exames no IML de Cascavel.

O caso do garoto ganhou repercussão nacional e também internacional. O garoto estava no zoológico na quarta-feira (30), acompanhado do pai e de um irmão de 3 anos. Ele brincava na frente da jaula do tigre quando teve o braço dilacerado pelo animal. Imagens de visitantes que estavam no parque flagraram todas as brincadeiras e também o menino fornecendo comida ao leão e ao tigre. Após o ataque, segundo o pai, quando acordou já na unidade de saúde, o menino pedia se o tigre estava bem.

Na esfera policial do caso, o delegado Denis Zortea, já ouviu dois guardas patrimoniais e dois supervisores da Guarda. Ainda devem prestar esclarecimentos o médico veterinário do parque Valmor dos Passos, e testemunhas que presenciaram a situação. Além disso, Marcos do Carmo deve ser ouvido de forma oficial pela polícia.

O tigre Hu, que tem 3 anos de idade, chegou a ficar 5 dias em uma área de manejo, segundo o veterinário, devido ao estresse a que foi exposto, mas já retornou ao recinto onde pode ser visto pelos visitantes.

Assista à reportagem completa no portal Catve.tv clicando aqui.