Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Antes mesmo do fim do horário previsto, os motoristas e cobradores de Curitiba encerraram a paralisação do transporte público na Praça Rui Barbosa às 18h20. A manifestação, que uniu diversas centrais sindicais, ocorreu na tarde desta quinta-feira (11) por adesão ao Dia Nacional de Lutas e reuniu aproximadamente mil pessoas. Os comércios chegaram a ser fechados no entorno da praça e os passageiros precisaram procurar alternativas para poderem ir embora.

Por volta das 16h45, os ônibus ficaram atravessados na Praça Rui Barbosa e havia um principio de confusão entre passageiros que queriam o dinheiro de volta após a deflagração do movimento, que duraria até as 19h. Nas outras regiões a situação ficou normal durante todo o período.

Entre as reivindicações dos motoristas está a abertura da caixa-preta da Urbs, segurança aos trabalhadores e que a lei que proíbe a dupla função seja cumprida.