De O Diário dos Campos

Um erro médico na Santa Casa de Misericórdia, em Ponta Grossa, assustou a população na última sexta-feira (4). Uma criança de 11 anos foi internado para um procedimento cirúrgico na língua, mas o médico operou uma fimose (dificuldade ou até impossibilidade de expor a glande, ou cabeça do pênis, porque o prepúcio estreita a passagem) que ele nem tinha.

erro-cirurgia-081013-bandab

(Foto: Fábio Matavelli – O Diário dos Campos)

A mãe do garoto, Ana Paula Ferreira, afirmou que houve negligência por parte do hospital, pois a simples correção na língua deveria durar cerca de 30 minutos. “O meu filho tem a língua presa, então essa cirurgia foi uma recomendação do próprio dentista para que ele pudesse seguir com o tratamento dentário utilizando o aparelho”, explicou .A verdade é que o hospital confundiu os pacientes e realizou o procedimento errado no meu filho”, afirmou ao Jornal Diário dos Campos.

O erro médico foi denunciado na Delegacia de Polícia Civil que vai instaurar um inquérito para investigar o caso.