Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

travessadentroMoradores pedem por lombada no trecho urbano da BR-277 (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

Moradores no bairro Campina do Siqueira, em Curitiba, fecham parcialmente a BR-277 em frente ao Parque Barigui, na manhã desta terça-feira (4). Os manifestantes pedem com urgência a instalação de uma lombada elevada em frente a primeira entrada do parque. Segundo eles, a passarela 600 metros à frente, na saída do Barigui, não é suficiente.

Adir Gomes Peter teve a mãe morta atropelada há dois anos neste trecho e falou que não adianta nada uma passarela apenas na saída do parque. “Sou morador aqui há 30 anos. É necessário uma lombada no início da BR-277, no limite com a Mario Tourinho, na entrada do parque. Os moradores pedem por isso, porque na prática ninguém vai andar 600 metros para usar a passarela”, explicou à Banda B.

Outro morador que se identificou como Cássio Antunes disse que no local é necessário um redutor de velocidade dos carros. “Aqui é uma área urbana e tem que ser colocada uma lombada elevada pelo menos. Abre o sinal da Mário Tourinho e os motoristas passam dos 100 km/h. É um risco diário que os moradores passam e não adianta por outra passarela, tem que ser um redutor”, opinou.

Respostas

Segundo a Prefeitura de Curitiba, não havia ainda nenhum pedido de lombada ou sinaleiro para o local junto à Setran (Secretária de Trânsito). Por conta disso, uma equipe de agentes de trânsito foi ao local nesta manhã para verificar o que pode ser feito.

Atualização

A Setran informou no dia 22 de janeiro que já foi assinada a Portaria que coloca em funcionamento o radar para redução de velocidade na Mário Tourinho, próximo ao portão de pedestre do Parque Barigui. O radar deve ser colocado em funcionamento em breve.