Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

protesto-copa

Concentração aconteceu na Boca Maldita. Foto: Guilherme Vieira

Duas pessoas foram detidas pela Guarda Municipal (GM) durante os protestos contra a Copa do Mundo realizado na noite deste sábado (3) no Centro Cívico. As confusões aconteceram logo após um vaso sanitário ser jogado em direção à porta da Prefeitura de Curitiba, por volta das 19h30. O evento foi marcado pela rede social Facebook, onde cerca de 1,1 mil pessoas confirmaram presença.

A adolescente que se envolveu na confusão tem 17 anos foi encaminhada à Delegacia do Adolescente (DA) e o jovem foi levado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).

A concentração para a passeata aconteceu na Boca Maldita e estava marcada para as 17 horas. Pouco depois, o grupo, que somava pouco mais de 50 pessoas, começou a caminhada sentido Centro Cívico. Eles caminharam por ruas e avenidas e não houve nenhum registro de violência até a prisão dos dois suspeitos.

O inspetor Brambilla da Guarda Municipal conversou com a Banda B e disse que a passeata foi tranquila, embora alguns já tivessem se manifestado com ações de vandalismo. “A gente fez o acompanhamento deles da Boca Maldita até o Centro Cívico e durante o percurso eles queimaram lixo nas lixeiras e tudo mais. Mas, o pior mesmo foi quando chegaram na Praça da Salete”, contou. Alguns manifestantes quebraram um vaso sanitário e jogaram em frente à porta da prefeitura. Nesse momento, a Guarda interveio.

De acordo com a GM, quatro pessoas praticaram o vandalismo, mas apenas dois conseguiram ser identificados e levados às respectivas delegacias.