Redação

morte menino

Vitor morreu aos 5 anos – Foto: Reprodução Facebook

A jovem de 24 anos, que é a principal suspeita de ter matado o próprio filho de 5 anos, portador de necessidades especiais, morreu no hospital, segundo a Polícia Civil. O crime aconteceu no último domingo (1º), em Palmas, sudoeste do Paraná. Vitor Gabriel Silveira Oliveira, de 5 anos, foi encontrado morto em casa pelo pai, que trabalha como vigia e estava fora na hora do assassinato. Vítor usava prótese nas pernas e tinha problemas de locomoção.

Segundo a Polícia Militar, o corpo do garoto apresentava um corte no pescoço e outro no pulso. Quando o pai chegou viu o filho morto e a esposa caída ao lado, também com um corte no pulso, o que indica que ela teria matado o filho e tentado se suicidar. A mulher permaneceu internada em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Pelizzari, onde não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil informou que, ao lado do corpo, também foram encontrados vários vidros de remédios vazios e uma faca.  A mãe do garoto já havia sido denunciada ao Conselho Tutelar por agressão ao pequeno Vitor. Também há a informação que ela sofria de depressão.