Do Portal Extra

(Foto: Reprodução)

A americana Monica Mares, de 36 anos, e o filho dela, Caleb Peterson, de 19, que foram destaque na imprensa internacional após assumirem um relacionamento amoroso, foram condenados pelo crime de incesto por um júri da cidade de Clovis, no Novo México, nos Estados Unidos. O casal terá agora que separar e ficar sem contato.

De acordo com a rede de televisão americana “NBC News”, Monica e Peterson se admitiram culpados da acusação para conseguirem um acordo judicial e, assim, não ficarem presos. A condenação poderia chegar a 18 meses de detenção.

Por ordem do juiz, divulgada na última quarta-feira, eles devem ficar um ano e meio sem se comunicar e serão acompanhados de perto por autoridades. Depois, deverão ficar mais um ano e meio sem contato, desta vez, sem acompanhamento.

A decisão do juiz de não prender mãe e filho se deu porque nenhum dos dois tinha passagem pela polícia. Além disso, o magistrado sugeriu que os dois procurassem ajuda psicológica enquanto cumprissem a pena em liberdade.

Monica e Peterson decidiram assumir a relação no ano passado para trazer à tona o que chamaram de “atração genética sexual”, após serem denunciados à polícia por um vizinho que descobriu o envolvimento entre eles.

Mãe de nove filhos, Monica entregou Caleb para adoção quando ele era apenas um bebê. Mas, em 2015, eles disseram ter se apaixonaram poucas semanas após o reencontro

Para ler a matéria completa no Portal Extra clique aqui.