Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

Mãe e filha foram atropeladas na manhã deste domingo (8), no Centro de Curitiba. As vítimas têm 16 e 39 anos de idade e passam bem. O acidente aconteceu por volta das 11h30 da manhã na Alameda Dr. Muricy esquina com a Rua XV de Novembro. O motorista de um Hyundai Azera, de 80 anos, foi levado pela equipe da Secretaria de Trânsito (Setran) após insultos e tentativa de linchamento.

De acordo com testemunhas, as duas vítimas teriam atravessado a rua correndo. “O sinal estava fechado para pedestre, e elas vieram correndo para passar. O motorista vinha meio rápido e deu nisso. Eu estava esperando o sinal fechar para passar, mas acho que elas pensaram que daria tempo”, disse à Banda B. Um idoso que estava próximo ao acidente também disse que mãe e filha tentaram atravessar a rua correndo.

Logo após o acidente, o motorista desceu do veículo, mas foi insultado por algumas pessoas. “Tinha gente querendo bater já no motorista, aí pedimos para ele ficar mais afastado. Não sabem de nada e já querem bater”,  relatou uma mulher que acompanhava os trabalhos.

Agentes da Setran chegaram ao local em meio a um início de confusão. O idoso foi levado para prestar esclarecimentos longe do local do acidente para evitar tumulto.

O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado para socorrer mãe e filha. “As duas estão estáveis, a mais nova está com algumas suspeitas de fraturas no tornozelo e no pé, mas nenhuma delas corre risco. Por precaução acionamos o médico de apoio, mas Graças a Deus as duas estão bem”, relatou o cabo Cordeiro à Banda B.

Elas foram encaminhadas Hospital Cajuru para a realização de exames complementares e serão liberadas ainda nessa tarde. O motorista prestou esclarecimentos e já foi liberado.

atrope

Vítima estava junto com o marido pedindo dinheiro no sinal. Foto: José Wilson/Colaboração

Prado Velho

Outro atropelamento foi registrado no fim da tarde no início da Avenida Comendador Franco, conhecida como Avenida das Torres, quase esquina com a rua Brasílio Itiberê, no bairro Prado Velho. Uma mulher que perambulava entre os carros foi atingida por um veículo Mini Cooper. O Siate foi acionado pelo motorista.

A vítima teve suspeita de fratura na perna e estava acompanhada do marido, ambos estavam no local pedindo dinheiro no sinal. O motorista ficou no local até a chegada do Siate e da PM. Ela foi encaminhada ao Hospital Cajuru para realização de exames, mas não corre risco de morte.