Um homem morreu em Londrina vítima de criptococose, mais conhecida como “doença do pombo”. Sidney José da Silva, 47 anos, trabalhava como taxista e mantinha seu ponto no cruzamento da Avenida Paraná com a Rua Prefeito Hugo Cabral, área localizada na região central conhecida pelo alto número de aves e onde suas fezes são sentidas e vistas diariamente.

Leia a reportagem completa, clicando aqui.