Da SMCS

A Urbs – empresa que gerencia o transporte coletivo de Curitiba – obteve decisão liminar proferida pela Justiça do Trabalho que garante a circulação de, no mínimo, 50% da frota do sistema de transporte coletivo urbano e metropolitano. O pedido foi feito em função da paralisação anunciada pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) para esta quinta-feira (11) à tarde.

A decisão estipula, ainda, que o Sindimoc se abstenha de praticar atos que impliquem bloqueio da entrada e saída de pessoas nas instalações da Urbs, que dificultem a livre circulação e o direito de ir e vir de quem quer que seja, que desrespeitem a ordem pública ou configurem ato de vandalismo. Também fixa multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento da ordem judicial.