Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

Depois de cometer um assalto em uma residência na rua Bruno Lobo, no Bairro Alto, em Curitiba, um dos acusados foi baleado com um tiro no peito quando tentava fugir. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (10). Há suspeita de que ele pode ter sido baleado pelo comparsa, já que ninguém viu quem atirou contra ele. Dois conseguiram fugir.

O caso aconteceu às 20h quando os dois bandidos invadiram a residência para assaltar. Dois deles fugiram levando dois carros da família, um i30 e uma Montana, que foram abandonados nas proximidades.

Ante de fugirem, as vítimas ouviram um disparo de arma de fogo e acionaram a Polícia Militar (PM). Um deles estava caído no chão com um ferimento no peito. Em estado grave o rapaz foi conduzido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) até o Hospital do Trabalhador, no bairro Portão.

Franco Willian de Oliveira Volin, 19 anos, estava caído ao lado de um revólver calibre 38, na entrada da casa que havia acabado de roubar. “São várias informações, mas a princípio, ele foi atingido pelos comparsas. Um tiro atingiu o peito e o segundo tiro acertou de raspão o queixo dele”, contou o tenente Arent, do 20° Batalhão da PM.

Até o começo da manhã desta quinta-feira (11) os outros acusados do crime não haviam sido localizados. O suspeito ferido está em estado grave.