Da Redação

A rede social Facebook poderá sair do ar nesta sexta-feira (4), caso a empresa não cumpra decisão judicial que determina a remoção de uma publicação considerada ofensiva. A medida foi tomada nessa quarta (2) pela 1ª Vara Cível de São Paulo. As informações são do Portal Uol.

cao-021013

A foto publicada pela modelo mostra o cachorro machucado. Segundo ela, o cão teria ficado cego de um olho. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Se a empresa não se pronunciar sobre o caso em 48 horas, o site será bloqueado para todos os provedores brasileiros. O que motivou a decisão foi a briga da modelo Luize Altenhofen com um vizinho. Luize teria acusado Eudes Gondim de bater e ferir o cachorro dela. Depois da situação, vários usuários publicaram expressões contra Gondim, que ele considerou ofensivas. O homem, então, entrou na Justiça para que o conteúdo fosse removido.

O Facebook Brasil afirmou ao Uol que não recebeu nenhuma URL para remoção. “O Facebook tem por política cumprir ordens judiciais para bloqueio de conteúdo desde que tenha a especificação do conteúdo considerado ilegal”, disse a empresa. A corporação alegou ainda que o que o autor do processo chama de URL é, na verdade, um conjunto de capturas de tela sobre notícias relacionadas ao caso.