Acontece neste sábado, na Rua do Cidadania do Carmo, a primeira edição do ano do projeto Justiça no Bairro em Curitiba. Além de atendimento jurídico gratuito, a população poderá fazer documentos e encontrará informações sobre programas e serviços da Prefeitura. O projeto é destinado a pessoas com renda familiar mensal de até três salários mínimos. É preciso apresentar comprovante de renda e de residência (conta de luz ou água).

Na área jurídica, a Justiça Estadual atenderá casos de divórcio, reconhecimento de paternidade, guarda de filhos, tutela, pensão alimentícia, entre outros. Os interessados também poderão fazer documentos como carteira de identidade ou CPF. Para isso, basta levar documentos pessoais originais (como certidão de nascimento e casamento), além dos comprovantes de renda e residência.

Além disso, haverá atividades recreativas para crianças, com cama elástica, jogos gigantes, entre outros.

Até o fim do ano, acontecerão na capital mais quatro edições do Justiça no Bairro: no Tatuquara (10 de agosto), Regional Cajuru (14 de setembro), Regional CIC (19 de outubro) e Regional Bairro Novo (30 de novembro), em locais ainda a serem definidos.

A expectativa este ano é atender entre 8 e 10 mil pessoas. O projeto envolve, além da Justiça Estadual, também a Prefeitura, entidades privadas, advogados voluntários, acadêmicos de Direito e outros parceiros.

Cidadania

A coordenadora do projeto, desembargadora Joeci Camargo, diz que a idéia é levar cidadania à população e tornar mais célere o acesso a serviços judiciários. “Cidadania só é possível quando as instituições se unem com o mesmo propósito: levar às famílias vulneráveis o atendimento efetivo deque necessitam. O lema do Justiça no Bairro é levar a justiça com afetividade”, afirma.

Os serviços

Justiça Estadual:atendimentos para casos de divórcio, reconhecimento de paternidade, guarda de filhos, tutela, pensão alimentícia, entre outros.

Secretaria Municipal de Saúde:orientação sobre DST e Aids, dengue, escovação, tabagismo, vacinação contra tétano e hepatite, prevenção de violência.

Fundação da Ação Social:cadastro único para programas sociais; inscrição para cursos; corte de cabelo.

Outros serviços municipais:serviços relacionados a alvarás, IPTU, ISS e ITBI; Carteira de Trabalho; pedido de seguro-desemprego e cadastro no Sine; confecção Cartão Transporte; carteira para Armazém da Família; inscrição no cadastro da casa própria (Cohab).

Serviços estaduais:emissão de primeira via de Carteira de Identidade (necessária comprovação de baixa renda, idade mínima de 12 anos.Levar: certidão de nascimento ou casamento em bom estado, legível, original e comprovante de endereço); serviços da Copel e Sanepar.

Outros serviços:CPF, alistamento militar e Certificado Militar

Rua da Cidadania do Carmo:Rua Marechal Floriano Peixoto (Terminal do Carmo)
Mais informações pelo telefone41 – 3313-5505 ou pelo email [email protected]