Da Redação com AEN

O juiz Alexandre Gomes Gonçalves, de 43 anos, foi o grande vencedor do 12° sorteio do Nota Paraná. Morador de Curitiba, ele conta que fez o cadastro logo que o programa foi lançado e já havia recebido prêmios com valores menores. Desta vez ele ganhou R$ 50 mil. “Vou usar o recurso para amortizar a dívida de um imóvel”, disse.

Foto: AEN

Foto: AEN

O segundo prêmio ficou com a motorista Nadia Chaves Pereira, 46 anos, de Paranaguá, que recebeu o prêmio de R$ 30 mil e diz que incentiva outras pessoas a colocarem o CPF na nota também por uma questão de cidadania. “Todo mundo tem que contribuir para a sonegação diminuir”, afirmou ela.

Já a dona de casa Isabel Cristina Guedes, 44 anos, de Curitiba, ganhou R$ 20 mil e planeja usar o dinheiro para rematrícula de escola, presentes e viagens de fim de ano. Isabel também ficou empolgada com a possibilidade de baixar um aplicativo para pesquisar preços. “Vou pesquisar preço, a gente sempre tem que fazer isso”, disse ela.

Aplicativo

O Paraná é o primeiro Estado a lançar um aplicativo que permite pesquisa de preços para o consumidor. O aplicativo Menor Preço, que fornece um comparativo do quanto custa um mesmo produto em diversos estabelecimentos.

O novo aplicativo, já disponível para as plataformas Android e iOS, oferece a possibilidade de pesquisa de aproximadamente 10 milhões de preços de produtos, que são atualizados semanalmente por mais de 60 mil estabelecimentos varejistas no Estado. A plataforma utiliza como base informações de 3,8 milhões de notas fiscais eletrônicas emitidas todos os dias no Estado.

“É um aplicativo que possibilita ao consumidor consultar, em um raio de até 20 quilômetros, o preço de produtos, por meio do código de barras do item ou o nome do produto. Um projeto muito bom. Não tenho dúvida que será um programa de tanto sucesso quanto o Nota Paraná, porque vai possibilitar às pessoas economizarem e contribuir para reduzir a inflação no Estado” disse o governador Beto Richa.