Do Portal Terra

As duas jovens, de 18 e 15 anos, que apedrejaram e jogaram Taís Cristina Martins, 13 anos, em um rio em Foz do Iguaçu, no Paraná, disseram em depoimento à Polícia Civil que a vítima ainda estava viva quando foi arremessado na água e morreu afogada.

tais

(Foto: Arquivo pessoal)

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta a causa da morte como traumatismo craniano. O crime foi motivado por ciúmes, já que as jovens acreditavam que Taís havia “ficado” com o namorado da menina de 15 anos. As duas foram presas em flagrante na última terça-feira. A jovem de 18 anos foi encaminhada para o presídio e a outra menina de 15 anos para o Centro de Socioeducação.