Juliano Cunha – Banda B
Jovem não resistiu à força do muro sobre seu corpo

O jovem Norildo Dringot, de 23 anos, morreu depois de um muro cair sobre o seu corpo, por volta das 8h deste domingo (3), na Rua Francisco Sobania, no bairro Tatuquara, em Curitiba.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o jovem trabalhava como entregador no Ceasa e segurava o portão para que uma caminhoneira passasse e levasse algumas caixas ao local. A motorista fez a curva para pegar a rua e a carroceria bateu contra o muro que desabou e caiu sobre Dringot. O Siate chegou a ser acionado, mas o jovem não resistiu e morreu na hora.

“Ele tinha uma fratura de crânio, de fêmur e estava muito machucado. Foi uma fatalidade, até porque pelo o que nos foi informado a motorista era experiente e nunca havia se envolvido em acidentes”, contou o cabo Cléberson, do Siate, que atendeu o local de morte.

Benedito da Silva, proprietário do caminhão, estava abatido com o que havia acontecido. “Este rapaz abriu o portão para ela passar, estava aqui para auxiliar e levar a carga ao Ceasa. A motorista está completamente transtornada, foi uma fatalidade terrível. A carroceria bateu no cantinho do muro e ele desabou”, falou.

O Batalhão de Polícia de Trânsito estava no local apurando informações do caso, que será investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).