Por Luiz Henrique de Oliveira e Djalma Malaquias

Em um rápido trabalho de investigação, policiais da Delegacia de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, prenderam Wesley Claiton Silva Nunes, de 22 anos. Ele é um dos envolvidos na morte de Paulo Henrique da Silva Martins, de 25, no fim da tarde deste domingo (29), no bairro Estados, em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba.

Jovem confessou que matou inimigo (Foto: Reprodução Repórter Barbosa Junior)

Martins foi executado dentro da casa em que vivia com a esposa, que acabou agredida pelos assassinos. “Foram dois homens armados que entraram nesta residência e cometeram o crime. Iniciamos um trabalho de investigação e chegamos à autoria dos fatos, prendendo um envolvido”, descreveu o delegado Fábio Machado, da Delegacia de Fazenda.

Segundo o delegado, o suspeito confessou o crime. “Ele disse que matou porque se não morreria, já que vinha sendo ameaçado. Falou ainda que a vítima já tinha matado o seu irmão. Tudo por uma bronca pelo tráfico de drogas. Agora estamos procurando o segundo suspeito, que fugiu e não foi localizado”, destacou.

A informação é que Martins, assim como os autores do crime, era morador na região do Osternack, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, de onde fugiu após sofrer ameaças.

Notícia Relacionada: